"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." - Romanos 12:2

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Submissão

por: Daniel Azevedo


"Ao cabo de dias trouxe Caim do fruto da terra uma oferta ao Senhor. Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura. Atentou o Senhor para Abel e para sua oferta, mas para Caim e para sua oferta não atentou." - Gênesis 4:3 a 5. 

Quando escolhemos um presente para alguém que amamos levamos em conta os gostos ou preferências dessa pessoa. Assim, concluímos que maior será a nossa chance de agradar o outro.

Com Deus não é diferente. Através dos princípios e orientações revelados essencialmente em Sua Palavra, podemos conhecer aquilo que Lhe agrada e também a forma como Deus deseja que O adoremos, inclusive através da música.

De acordo com a Dra. Liliane Doukhan, "Precisamos reaprender como adorar. O segredo para conseguir isso é reaprender como nos ligarmos a Deus em um nível pessoal." (do artigo Como Adoraremos?, publicado em Diálogo Universitário). 

A submissão é parte importante da fé. Para agradar a Deus verdadeiramente, é preciso conhecê-Lo e submeter o nosso gosto ao Seu. Do contrário estaremos apenas satisfazendo nossas próprias paixões. À semelhança de Caim, estaremos simplesmente dando-Lhe um presente (adoração) de acordo com a nossa preferência (ou gosto musical). 

O maior exemplo de humildade e submissão à vontade do Pai é o próprio Jesus, "que, sendo em forma de Deus não teve por usurpação ser igual a Deus, mas a si mesmo se esvaziou, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens. E, achado na forma de homem, humilhou-se até à morte, e morte de cruz." - Filipenses 2:6 a 8.

Que possamos ser, segundo o modelo de Cristo, submissos à vontade de Deus com relação à forma de adoração e à música que contemplamos no dia a dia, morrendo para o eu e escolhendo aquilo que Lhe é agradável conforme Seus princípios nos orientam. 

"Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres." - Mateus 26:39